CapaBlogCERTA

COMO EVITAR A INADIMPLÊNCIA NA CLÍNICA ODONTOLÓGICA

Dentista, você já ouviu essa frase:inadimplência pode ser comparada à cárie”? Pois, se ela não for tratada poderá causar um grande dano, nesse caso, o estrago será na saúde financeira da sua clínica odontológica. Por isso, é fundamental adotar ações e práticas que possam reduzir a possibilidade, e eventuais consequências, de atrasos e falta de pagamento por parte do paciente, eventos esses que podem comprometer a organização e funcionamento da sua clínica. 

Para que você se antecipe e evite esse tipo de problema, de inadimplência do paciente quanto ao pagamento pelos seus serviços, separamos algumas dicas para te ajudar. São atitudes simples que vão garantir a saúde financeira da clínica, como também a sua boa relação com seu cliente. 

Informe os valores do tratamento 

É importante que na consulta inicial, antes de começar o tratamento, o paciente seja informado sobre todos os procedimentos que serão feitos e os valores de cada um. Ele deve ter ciência de quanto lhe custará e com isso poder programar os pagamentos dos seus serviços odontológicos.

Dados atualizados 

Faça, e mantenha sempre atualizado, o cadastro completo de seus pacientes, com número do telefone, WhatsApp, e-mail, endereço residencial e da empresa que trabalha. Esses dados, além de facilitarem para lembrá-lo e confirmar horário de consultas, são importantes também, caso tenha que fazer contato sobre algum pagamento em atraso. Com o cadastro desatualizado isso não será possível.  

Estabeleça um contrato 

É bom para as duas partes, paciente e dentista, ter um contrato estabelecendo quais serviços realizados e o valor. É também um registro, documento comprovando que o paciente fez determinado procedimento na sua clínica odontológica.

Diversifique as formas de pagamento 

Hoje são diversas as formas de pagamento, não ficando restrito ao cheque ou dinheiro feitos de forma presencial. Ofereça alternativas para o seu paciente, como Pix, PagSeguro, parcelamento em cartão de crédito, boleto, entre outros métodos, para que ele pague pelos seus serviços sem precisar sair de casa. Isso diminui os riscos de não receber. E lembre-se que o processo de oferecer crédito ao paciente também é uma maneira de fidelizá-lo à sua clínica.  

Alertas de vencimentos  

Muitas vezes o atraso no pagamento ocorre por simples esquecimento. Então, previna-se e crie alertas de lembretes e cobrança para serem enviados ao paciente, próximo à data de vencimento. Existem alternativas digitais para comunicá-lo de forma precisa, como mensagens instantâneas por telefone, SMS, WhatApp e e-mail.  

Negocie 

O paciente está inadimplente e o primeiro passo é tentar saber o que motivou o atraso no pagamento. Pode ser apenas esquecimento. Mas se não for esse o caso, o melhor a fazer, para não ter que partir para processos judiciais, é estar aberto à negociação. Faça isso de forma clara, e financeiramente equilibrada para a sua clínica e seu paciente. Defina  as condições de pagamento, considerando a disponibilidade dos recursos dele. Afinal, entender o lado da pessoa faz parte da fidelização de pacientes.  Nunca deixe de aplicar multas ou juros que já tenham sido previamente acertados em contrato. 

Controle o recebido 

É importante para evitar a inadimplência ter o controle de todos os pacientes atendidos na sua clínica odontológica e as datas de recebimento. Mantenha esse controle atualizado com o status e dados dos vencimentos. Isso torna mais fácil, para você gestor, perceber se os pacientes estão fazendo  pagamentos sem atraso.  

Não tem nada mais significativo para uma clínica odontológica do que manter o paciente satisfeito, e para que isso aconteça, você, dentista, trabalha sempre voltado a realizar um serviço de qualidade e se relacionar bem com o cliente. E apesar da gestão financeira não fazer parte da sua rotina profissional, é preciso dar a devida atenção às taxas de inadimplência da clínica. Isso é necessário para manter o seu lucro e a saúde financeira do negócio. Com certeza seguindo essas nossas dicas será possível evitar esse problema.  

Dr. Faisal Ismail

Dr. Faisal Ismail

Olá, podemos conversar
Quero ser um
Franqueado